Seasons of Grief

by Fallen Idol

supported by
/
  • Includes unlimited streaming via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.

     $5 USD  or more

     

1.
2.
3.
4.
5.
6.
04:47
7.

about

Eu não costumo escrever resenhas, talvez por que prefiro um bom bate papo, conhecer melhor a banda e as pessoas que a compõem, mas tem momentos em que é necessário fazer uma exceção. Seasons Of Grief é o segundo álbum do trio de Heavy/Doom Metal de Arujá/SP. A banda já vinha se destacando desde seu álbum de estreia homônimo, lançado em 2015.

O Fallen Idol não é uma banda muito difícil de desenhar com palavras, quando você já conhece alguns dos grandes nomes do gênero, como Trouble, Candlemass e Black Sabbath, mas para os fãs de Doom Metal nacional – e até para aqueles que são fãs de outros gêneros do metal – o novo álbum, Seasons of Grief é no mínimo uma surpresa maravilhosa. Não tão pesado quanto seu antecessor, o novo disco é mais maduro, com melodias mais trabalhadas, e o melhor de tudo, reafirmando a identidade da banda.

A faixa-título abre o disco com um riff pesado e convidativo e pesado, como se fosse criada para ser trilha sonora de um filme de horror dos anos 80’s. A cadência dada pelo baixo torna tudo meio hipnotizante e o vocal de Rodrigo Sitta, em perfeita harmonia com o instrumental faz tudo fluir com uma naturalidade genial. Pra completar a obra, na exata metade da faixa, um solo de guitarra eleva ainda mais o valor da música. Não tinha faixa melhor pra dar nome ao álbum.

A segunda faixa, “Nobody’s Life” é ainda mais pesada e cadenciada que a primeira. Não tem como ouvir a música e não começar a balançar a cabeça instintivamente, dada a intensidade dos riffs e do peso da bateria e do baixo.... A faixa continua com o vocal meio arrastado e assombrado, típico do Epic Doom.

Apesar de a maioria dos elementos contidos nas primeiras faixas estarem também contidos em “Unceasing Guilt”, está me pareceu a faixa mais suave do álbum, onde os vocais são menos agressivos e os grandes riffs e solos aparecem somente aos quatro, dos quase sete minutos de música. De qualquer forma, a faixa não perde brilho, servindo de prelúdio para a quarta faixa do disco, “Heading for Extinction”, que se apresenta numa celeridade maior que suas antecessoras. Além dos riffs mais céleres, o refrão lembra muito o de grandes músicas do gênero Traditional Doom Metal 80’s, sem falar que a faixa traz um “órgão” meio fantasmagórico, que dá um toque bem legal na produção.

“The Boy and the Sea” é a Single do álbum, que foi lançada em maio desse ano. A faixa temuma pegada mais rápida, a exemplo de “Heading for Extinction”.

“Worsheep me” é a sexta faixa do álbum, e traz mais dessa atmosfera densa e soturna que a banda explora tão bem. Os solos que acontecem pouco após os dois minutos, tornam a música ainda mais interessante, mantendo o nível do álbum altíssimo.

É então que Satan’s Crucifixion se apresenta para fechar a peça, com celeridade, empolgação e energia. Riquíssima em elementos do Heavy Metal, a última música ainda carrega um solo inspirador e os vocais matadores de Sitta, tanto gritado quanto o limpo.

Depois dos 43 minutos de Seasons Of Grief não tem como não ficar boquiaberto com a qualidade dessa banda, e mesmo os fãs de outros gêneros do metal concordarão que este álbum merece o topo da lista de melhores de 2016.

Morgan Gonçalves
October Doom Magazine
Outubro/2016

Recorded at Overdrive Studios - Mogi das Cruzes/SP
Produced by André Marques

credits

released September 10, 2016

tags

license

all rights reserved

feeds

feeds for this album, this artist

about

Fallen Idol Arujá, Brazil

contact / help

Contact Fallen Idol

Streaming and
Download help